Ir direto para menu de acessibilidade.

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o nti.ufabc.edu.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies.

Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Norma de uso de cookies nos Portais da UFABC.

ACEITAR
Página inicial > Notícias > Manuais e tutoriais > Script de instalação das impressoras de rede - Ubuntu*
Início do conteúdo da página

Script de instalação das impressoras de rede - Ubuntu*

Publicado: Segunda, 15 Agosto 2022 11:07 | Última Atualização: Terça, 25 Outubro 2022 15:03

Instalação de Impressora Universal no Linux pelo terminal (Ubuntu), com script de instalação

O procedimento do tutorial a seguir foi testado no Ubuntu 22.

0. Escolhendo a rede

Para a configuração da impressora de rede (antes do primeiro uso), recomendamos a utilização da rede cabeada da UFABC.
Importante: Caso esteja tentando utilizar uma impressora de rede da UFABC no Linux por Wi-Fi, certifique-se de que você está conectado à rede Eduroam.
Caso não saiba conectar-se à rede Eduroam, consulte a página de Manuais e Tutoriais do NTI, na seção “Eduroam”.

1. Autenticando-se como root

Abra o terminal.
No terminal, autentique-se como root com o comando:
sudo su

2. Baixando o script de instalação

Baixe um dos arquivos (arquivo1 ou arquivo2), hospedado no site do NTI.

3. Executando o script de instalação

Logado como root no terminal, altere (se necessário) para o diretório onde está o script baixado, com o comando cd.
Em seguida, digite no terminal os dois comandos:
chmod +x arquivo.sh
bash arquivo.sh
substituindo-se “arquivo.sh” pelo nome do arquivo baixado.
A execução deste script fará o seguinte, nesta sequência:
  • atualizações (pode ser um pouco demorado)
  • a instalação dos pacotes necessários (samba, smbclient e cups)
  • solicitação do seu usuário UFABC
  • solicitação da sua senha UFABC
Caso queira escolher outro nome para a impressora de rede, altere o código do script na linha que inicia com lpadmin, substituindo “Impressora-de-Rede” pelo nome desejado (evite usar espaços no nome).

4. Verificando o status da impressora instalada

Se o processo foi bem-sucedido, a impressora de rede está pronta para uso em seu sistema operacional Linux.
Você pode verificar o status da impressora instalada cujo nome é “Impressora-de-Rede” com o comando lpstat:
lpstat -t "Impressora-de-Rede"

5. Testando a impressora instalada

Como um teste, você pode enviar um trabalho para a impressora de rede com o comando lp.
Por exemplo, para imprimir o arquivo teste.txt localizado em /home/meuusuario/Documentos/, execute o seguinte comando no terminal:
lp -d "Impressora-de-Rede" -o fit-to-page -o media=A4 /home/meuusuario/Documentos/teste.txt

6. Colocando a impressora instalada como padrão

Para selecionar uma impressora como padrão, execute o comando lpoptions.
Por exemplo, para escolher a impressora Impressora-de-Rede como o dispositivo de impressão principal em seu computador, execute o seguinte comando no terminal:
lpoptions -d "Impressora-de-Rede"

7. Excluindo impressoras

Execute o comando
lpadmin -x "Impressora-de-Rede"
Caso tenha escolhido outro nome no momento de adicionar impressoras, substitua o termo “Impressora-de-Rede” na linha de comando acima pelo nome escolhido por você.

8. Para saber mais sobre outras possibilidades de configurações

Para outras personalizações da impressora instalada via terminal, consulte o manual do CUPS.


Nota
Tutorial testado no Ubuntu 22.

 

*Veja a nota.

Registrado em: Manuais e tutoriais
Fim do conteúdo da página